change language
usted está en: home - selecciÓn de prensa newslettercómo contactarnoslink

Ayuda a la Comunidad

  

ComunitàItaliana

5 Marzo 2012

Entre Roma e Moçambique

Comunidade católica de Sant'Egidio completa 44 anos apoiando programas de cooperação na Itália e em países do continente africano

 
versión para imprimir

Era 1968, o ano dos jovens revolucionários, quando um grupo de estudantes guiados por Andrea Riccardi fundou a Comunidade de Sant’Egidio, em Roma. Três anos antes, a Igreja Católica havia passado pela reforma do Concílio Vaticano II, no qual os bispos do mundo inteiro discutiram a renovação na instituição. A rebeldia que contagiava os rapazes e moças em 1968, para este grupo, tinha mais uma motivação, um de-safio maior: combater a pobreza e procurar a paz, em Roma, na Itália, e no mundo.
Devido a tantos êxitos diplomáticos, a Comunidade de Sant’Egidio é conhecida como as Nações Unidas de Trastevere, bairro no coração da capital italiana.
O sucesso da comunidade foi reconhecido até pelo premier Mario Monti, que nomeou Andrea Riccardi ao cargo de ministro da Integração e da Cooperação. Sem contar que grandes personagens que marcaram a história da Itália, como o ex-presidente Oscar Luigi Scalfaro, apoiaram a organização. A Igreja de Sant’Egidio, na capital italiana, foi o palco de celebração do último adeus a Scalfaro, antes do funeral realizado no último dia 30 de janeiro. Além disso, na véspera do aniversário dos 44 anos da fundação (completados em 1º de fevereiro), o Papa Bento XVI nomeou o padre Matteo Zuppi — membro da Comunidade de Sant’Egidio — bispo auxiliário da diocese de Roma.
Com o prestígio, vieram também as más línguas acusando a Comunidade de fazer lobby. — Nós somos lobby? Sim, mas para apoiar os pobres. O poder político e financeiro não nos interessa — respondeu imediatamente Marco Impagliazzo, o presidente da Sant’ Egidio.
A Comunidade de Sant’Egidio mantém a sede em Roma, e é uma das realidades eclesiásticas que trabalha em todos os continentes com programas de cooperação e desenvolvimento, de defesa dos direitos humanos, de apoio e facilitação de processos de paz e reconciliação, de luta contra a pobreza e diálogo interreligioso.
O primeiro grande sucesso foi a mediação do processo de paz em Moçambique, após 16 anos de sangrenta guerra civil entre a Frelimo e a Renamo. O acordo foi assinado em 4 de outubro de 1992, em Roma. Nestes últimos 20 anos, é um dos raros países da África a manter a paz e estabilidade política.
— Os pobres são iguais, perto ou longe de nós. Porém, o nosso horizonte não pode ignorar o Mediterrâneo, nem a África. Quem se esquece do continente africano, se esquece de si mesmo — disse o monsenhor Vincenzo Paglia, da Comunidade de Sant’Egidio.
A ligação especial com o país lusófono levou a Comunidade de Sant’Egidio a escolher Moçambique como o primeiro a receber a implementação do Dream — o programa global de luta contra a AIDS e a má nutrição. A sigla em inglês Drug Resource Enhancement Against Aids significa um sonho que se transformou em realidade. Desde 2002, o programa tem obtido resultados concretos.
Atualmente está implementado em 10 países africanos, abrangendo um universo de quase dois milhões de pessoas. — Os alicerces do Dream são o tratamento com remédios antirretovirais, a prevenção vertical com a triterapia evitando a  transmissão da mãe para o filho, a formação do pessoal local, os laboratórios de biologia molecular e a luta contra a má nutrição — explicou Paola Rolletta, assessora de imprensa do programa.
Paola acrescenta que “não pode-mos esquecer que o Dream atua onde existem populações afligidas por uma crônica insegurança alimentar.”
— Não se pode pensar em combater o HIV sem enfrentar a má nutrição. Uma boa nutrição não cura a Aids, mas ajuda e é fundamental para complementar a terapia antirretroviral — ressalta.


 LEA TAMBIÉN
• NOTICIAS
30 Enero 2018
BANGUI, REPÚBLICA CENTROAFRICANA

Chantal, Elodie y las demás: historias de niños y adultos que siguen tratamiento con el programa DREAM en Bangui, capital de la República Centroafricana

IT | ES | DE | FR | CA | NL
14 Diciembre 2017
ROMA, ITALIA

Visita en línea el pesebre de Sant'Egidio: Jesús es acogido por los pobres, los enfermos, quien no tiene casa y personas de todas las religiones

IT | ES | DE | FR | CA | NL
21 Noviembre 2017
MOZAMBIQUE

En Mozambique ya se han inscrito 100 mil niños en el registro civil gracias a BRAVO!

IT | ES | DE | PT | NL | RU
18 Noviembre 2017
ROMA, ITALIA

El Nobel de física Barry Barish visita la Escuela de Lengua y Cultura italiana y el programa DREAM

IT | ES
15 Noviembre 2017
MAPUTO, MOZAMBIQUE

En Maputo se celebró una conferencia con monseñor Matteo Zuppi para celebrar los 25 años de paz en Mozambique mirando al futuro

IT | ES | DE | PT
23 Octubre 2017
BEIRA, MOZAMBIQUE

Dar de comer a los ancianos en Mozambique: distribución de ayuda alimentaria a los más pobres de la ciudad de Beira

IT | ES | DE | FR | PT | RU | ID
todas las noticias
• LIBERACIÓN
25 Febrero 2018
kathpress

Kardinal Marx fordert mehr Engagement für Einheit der Menschen

25 Febrero 2018
Domradio.de

"Gräben zuschütten"

25 Febrero 2018

„Gräben zuschütten, Spaltungen überwinden“

24 Febrero 2018
Domradio.de

Im Dienst der karitativen Arbeit

22 Febrero 2018
Br-Online

Interview mit Sant'Egidio Mitgründer Andrea Riccardi

22 Febrero 2018
Sonntagsblatt

Die katholischen 68er

todos los comunicados de prensa
• DOCUMENTOS

Homilía del cardenal Jaime Lucas Ortega y Alamino, arzobispo de La Habana, en la liturgia de acción de gracias por el 47 aniversario de la Comunidad de Sant'Egidio

todos los documentos

FOTOS

257 visitas

184 visitas

283 visitas

197 visitas

302 visitas
todos los medios de comunicación afines