change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
13 Abril 2012 | BEIRA, MOÇAMBIQUE

Uma Oração para acabar com a prática dos linchamentos

Na Beira mais de 500 pessoas pedem paz e reconciliação para a cidade

 
versão para impressão

La chiesa gremita da più di 500 personeTeve lugar, ontem, na Beira, na paróquia da Munhava, uma Oração Pela Paz e Reconciliação – para acabar com os linchamentos e com cada tipo de violência, à presença do Bispo (Administrador Apostólico da Cidade), Dom João Carlos Nunes, e mais de 500 pessoas.

Na cidade da Beira os linchamentos são, infelizmente, muito frequentes: é suficiente que se comece a gritar: “ladrão, ladrão!” indicando alguém, para que este seja apanahdo pela população, amarrado, enrolado por pneus e queimado. As pessoas em volta, sobretudo crianças e jovens, no entanto gritam: “queima-o, queima-o!”. Muitas vezes utuliza-se este método para se vingar de alguém e muitos dos que  são queimados nem sequer fizeram nada.

La lettura dell'appello di pace e riconciliazione promosso dalla Comunità di Sant'EgidioO último linchamento aconteceu a 1 de Abril, Domingo de Ramos. Miguel, um jovem com cerca de 30 anos, sem ter cometido nenhum crime, foi indicado como ladrão e logo acercado pela multidão. Tentou safar sua vida oferecendo o telemóvel e aquele pouco dinheiro que tinha no bolso, mas foi inútil. 

Bateram-no até ele perder os sentidos earrastaram-no num local do bairro, onde “normalmente”os supostos ladrões são executados, para ser queimado.

A Comunidade de Sant’Egidio da Beira ficou chocada por este bàrbaro acontecimento, mesmo no começo da Semana Santa, e não pôde deixar de reagir, comparando-o com a Paixão de Jesus, primeiramente condenando o linchamento com um comunicado de imprensa, e depois através da convocação de uma oração pública.

Vengono bruciate nel bracere le richieste di perdono per le complicità con gli atti di violenzaAo longo da oração, duras foram as palavras de condenação para com os actos de violência e os linchamentos. O Bispo, Dom João Carlos, depois de ter agredecido a Comunidade por ter realizado a oração, na sua homília afirmou claramente que quem assistir num linchamento, mesmo sem fazer nada, peca e não é digno de receber a comunhão. Por isso pediu aos presentes de escrever num papelinho um pedido de perdão, pelas vezes em que se ficou cúmplices ou indiferentes perante os linchamentos ou a violência.

Todos deitaram, a seguir, o próprio pedido num alguidar, queimando-o como sinal de purificação. O Bispo recordou, também as palavras de Dom Romero, quando do altar pedia que se acabasse com a violência e as mortes, para dizer que aquele basta deve ser repetido para mandar parar os linchamentos.

Tambêm a Comunidade, na sua mensagem, recordou o Basta! De Jesus quando está para ser preso, para mandar parar as espadas, e com elas a violência dos linchamentos.

 

  Un momento di commozione durante l'abbraccio di pace A Comunidade tem, depois, comparado aquele lugar do bairro da Munhava, onde 4 pessoas foram linchadas e queimadas, com um novo Gólgota, e fez a proposta de plantar naquele mesmo lugar uma Cruz, para recordar todos os que ali morreram e para evitar que outros sejam ali linchados e queimados. No fim da oração foi assinado um apelo para acabar com a prática bárbara dos linchamentos.
Os moradores do bairro que participaram na oração, agradeceram a Comunidade porque finalmente a Munhava já não será mais mencionada apenas pelos linchamentos, mas também por um evento bonito e significativo como a Oração pela Paz e Reconcilação que tinha mal acabado.

 

Anche il Vescovo Nunes firma l'appello di pace


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
21 Novembro 2017
MOÇAMBIQUE

Em Moçambique, 100 mil crianças foram registadas graças a BRAVO!

IT | ES | DE | PT | NL | RU
15 Novembro 2017
MAPUTO, MOÇAMBIQUE

Em Maputo, uma conferência com Dom Matteo Zuppi para comemorar os 25 anos de paz em Moçambique olhando para o futuro

IT | ES | DE | PT
23 Outubro 2017
BEIRA, MOÇAMBIQUE

Dar de comer aos idosos em Moçambique: distribuição de ajuda alimentar aos mais pobres da cidade de Beira

IT | ES | DE | FR | PT | RU | ID
7 Outubro 2017
ROMA, ITÁLIA

VÍDEO: as intervenções na conferência sobre os 25 anos de paz em Moçambique na Farnesina

IT | PT
6 Outubro 2017
MOÇAMBIQUE

No dia 4 de Outubro, os "Caminhos de Paz" chegaram a Moçambique para celebrar os 25 anos dos Acordos de Roma

IT | PT | HU
4 Outubro 2017
ROMA, ITÁLIA

A Conferência sobre os 25 anos de Paz em Moçambique: o modelo italiano que deu esperança à África

IT | EN | DE | PT
todas as novidades
• DIVULGAÇÃO
13 Março 2018
RP ONLINE

Flucht, Abi, Studium

19 Fevereiro 2018
FarodiRoma

I 50 anni di Sant’Egidio. Intervista a Chiara Turrini, impegnata in Mozambico

15 Fevereiro 2018
La Nazione

Un pasto per chi non ha nulla. Ecco come si può dare una mano

10 Fevereiro 2018
SIR

50° Sant’Egidio: Gentiloni (presidente del Consiglio), “dalla condizione dei più deboli si misura il benessere autentico di una società”

7 Fevereiro 2018
Avvenire

L'Italia già «casa comune». Anziani e badanti, la forza di un abbraccio di debolezze

5 Fevereiro 2018
SIR

Immigrazione: Comunità Sant’Egidio, oggi anche la ministra Fedeli alla consegna dei diplomi per mediatori interculturali

todos os press releases
• EVENTOS
25 Janeiro 2018 | PÁDUA, ITÁLIA

Convegno ''La città del noi, una proposta per Padova''

TODAS AS REUNIÕES DE ORAÇÃO PELA PAZ
• DOCUMENTOS

I dati del programma Viva gli Anziani!

Comunità di Sant'Egidio

Scheda del programma Viva gli Anziani (Giugno 2017)

Alcuni dati: il numero di anziani soli in Italia

Comunità di Sant'Egidio

Progetto ''Una città per gli anziani, una città per tutti''

Alcuni dati: popolazione anziana nel mondo

La Comunità di Sant'Egidio e i poveri in Liguria - report 2015

todos os documentos

FOTOS

168 visitas

171 visitas
todos os meios de comunicação relacionados